Julho

Julho representado nas Les très riches heures du duc de Berry.

Julho é o sétimo mês do ano no Calendário gregoriano, tendo a duração de 31 dias. Julho deve o seu nome ao Cônsul e ditador romano Júlio César (100-44 a.C) sendo antes chamado Quintilis em latim,[1] dado que era o quinto mês do Calendário Romano, que começava em março.[2] Também recebeu esse nome por ser o mês em que César nasceu.

Julho começa (astrologicamente) com o Sol no signo de Câncer e termina no signo de Leão. Na roda do ano pagã julho termina Lughnasadh ou próximo dela no hemisfério norte e no Imbolc ou próximo dele no hemisfério sul.

É em média o mês mais quente na maior parte do hemisfério norte, onde é o segundo mês de verão, e o mês mais frio em grande parte do hemisfério sul, onde é o segundo mês de inverno. A segunda metade do ano começa em julho. No hemisfério sul, julho é o equivalente sazonal de janeiro no hemisfério norte.

Na Igreja Católica julho é dedicado ao Preciosíssimo Sangue de Jesus.

Igreja Católica

  • No antigo calendário japonês, esse mês é chamado de fumi zuki (文月).
  • No calendário irlandês o mês é chamado de Iúil e é o terceiro e último mês da estação do verão.
  • No finlandês, o mês é chamado de heinäkuu, que significa "mês do feno".
  • Na língua auxiliar esperanto, o nome do mês é julio.
  • Na língua turca, o nome do mês é Temmuz.
  • Em galego, língua muito próxima do português, o mês de julho é chamado de 'xullo'
  1. «A história dos nomes dos meses». Planetanews. Consultado em 26 de maio de 2011 
  2. Plutarco, Quaestiones Romanae, XIX, Porque eles adotaram Janeiro como o primeiro mês do ano?

Other Languages

Copyright