K-PAX

K-PAX
Cartaz promocional
No Brasil K-PAX - O Caminho da Luz
Em Portugal K-Pax - Um Homem do Outro Mundo
 Estados Unidos Alemanha
2001 •  cor •  121 min 
Direção Iain Softley
Produção Robert F. Colesberry
Lawrence Gordon
Lloyd Levin
Roteiro Charles Leavitt
Baseado em K-Pax, de Gene Brewer
Elenco Kevin Spacey
Jeff Bridges
Mary McCormack
Alfre Woodard
Género
Música Edward Shearmur
Cinematografia John Mathieson
Direção de arte John Beard
Edição Craig McKay
Companhia(s) produtora(s) Intermedia
Lawrence Gordon Productions
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 26 de outubro de 2001
Brasil 12 de abril de 2002[1]
Idioma inglês
Orçamento US$68 milhões[2]
Receita US$65 milhões[2]

K-PAX (bra: K-PAX - O Caminho da Luz[3][4]; prt: K-Pax - Um Homem do Outro Mundo[5][6]) é um filme teuto-estadunidense e de 2001, dos gêneros drama e ficção científica, dirigido por Iain Softley, com roteiro de Charles Leavitt baseado no romance de 1995 K-Pax, de Gene Brewer.[7]

Prot, paciente de um hospital psiquiátrico, alega ser oriundo de um longínquo planeta bem mais evoluído que a Terra: K-Pax. Seu psiquiatra, à medida que busca o tratamento adequado, vai percebendo estranhos acontecimentos que põem em dúvida o diagnóstico inicial de doente mental.[5][4]

K-PAX recebeu críticas mistas dos críticos de cinema. No Rotten Tomatoes, tem uma taxa de aprovação de 42%, com base em 141 comentários, com uma classificação média de 5.11/10. O consenso do site afirma: "Para aqueles que viram One Flew Over the Cuckoo's Nest ou Starman, K-PAX pode não conter nada de novo. O filme funciona melhor como uma vitrine para Kevin Spacey e Jeff Bridges."[8] O filme tem uma pontuação de 49/100 no Metacritic, com base em 31 críticas, indicando "críticas mistas ou médias".[9]

Roger Ebert escreveu no Chicago Sun-Times: "Admirei como o filme nos atormentou com possibilidades e permitiu que o médico e o paciente conversassem com sensatez, embora estranhamente, sobre a diferença entre o delirante e o que é simplesmente muito improvável."[10] A.O. Scott, escreveu no The New York Times: "K-PAX é um exercício árduo e sério de elevação pseudo-espiritual, reciclando besteiras românticas sobre vida extraterrestre e doenças mentais com sinceridade de olhos arregalados."[11] Para a Variety, Robert Koehler escreveu "'K-PAX' emite muita luz, mas gera pouco calor em um drama que aspira a temas cósmicos, mas termina com homilias simples e reconfortantes."[12] Claudia Puig, do USA Today, escreveu "Além de estar sobrecarregada com o pior título do ano...este filme equivocado está acorrentado por seu próprio senso de importância exagerado e seriedade nebulosa."[13]

K-PAX arrecadou US$17.5 milhões e ficou em primeiro lugar no fim de semana de estreia, à frente do filme Thirteen Ghosts da Warner Bros.[14] O filme foi uma decepção de bilheteria, arrecadando apenas $65.001.485 em todo o mundo com um orçamento de $68 milhões, incluindo $50.338.485 na América do Norte e $14.663.000 internacionalmente.[2]

O diretor argentino Eliseo Subiela afirmou que K-Pax plagiou seu filme de 1986, Hombre mirando al sudeste. Ele disse "é uma cópia, mas de boa qualidade".[15] Posteriormente, Gene Brewer e outros ligados ao K-PAX foram processados ​​em novembro de 2001. A reclamação foi retirada porque o julgamento se estendeu ao longo do tempo e Subiela não tinha fundos suficientes para continuar o litígio. Subiela afirmou até sua morte no final de 2016 que seu filme foi plagiado pelos criadores de K-PAX. Brewer posteriormente lançou um livro de memórias explorando sua inspiração para os livros, intitulado Creating K-PAX or Are You Sure You Want to Be a Writer?[16]

  1. «K-PAX - View: By Country» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 9 de janeiro de 2013 
  2. a b c «K-PAX (2001)». Box Office Mojo 
  3. «K-PAX - O Caminho da Luz». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 15 de abril de 2021 
  4. a b «K-PAX - O Caminho da Luz». Brasil: CinePlayers. Consultado em 15 de abril de 2021 
  5. a b «K-Pax - Um Homem do Outro Mundo». Portugal: SapoMag. Consultado em 15 de abril de 2021 
  6. «K-Pax - Um Homem do Outro Mundo». Portugal: CineCartaz. Consultado em 15 de abril de 2021 
  7. «K-PAX (2001)». American Film Institute. Consultado em 15 de abril de 2021 
  8. «K-PAX» 
  9. «K-PAX» 
  10. Ebert, Roger (2001). «K-Pax». Chicago Sun-Times 
  11. Scott, A. O. (26 de outubro de 2001). «FILM REVIEW; Now Arriving on Track 10: The 3:15 From Outer Space». The New York Times 
  12. Koehler, Robert (25 de outubro de 2001). «K-Pax». Variety. Consultado em 8 de novembro de 2017 
  13. Puig, Claudia (25 de outubro de 2001). «Loopy 'K-PAX' is lost in Spacey». USA Today 
  14. Fuson, Brian (29 de outubro de 2001). «Weekend Box Office Report:'K-PAX' Lands at No. 1; '13 Ghosts' Haunts No. 2». Hive4media.com. Consultado em 21 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 21 de novembro de 2001 – via The Hollywood Reporter 
  15. «Subiela reitera que "K-Pax" es un plagio de "Hombre Mirando al Sudeste", pero de calidad» 
  16. «Other Books». GeneBrewer.com. Consultado em 8 de agosto de 2010 

Copyright